Inscreva-se na formação online Cultura Viva, Gênero, Sexualidades e Interseccionalidades

A Rede Cearense Cultura Viva de Gênero e Sexualidades abre inscrições para o curso gratuito Cultura Viva, Gênero, Sexualidades e Interseccionalidades que acontecerá entre 2 de março e 4 de maio, com a participação de professores e professoras da UNICAMP, da UFBA, da UFC, ativistas e membros do Ponto de Cultura Outros Olhares e da Fábrica de Imagens, que coordenam a formação com apoio da Rede Cearense Cultura Viva.

O curso será realizado em dez encontros, sempre às terças-feiras, de 19h às 21h30, quando serão debatidos temas como aspectos históricos, políticos e teórico-epistemológicos do Cultura Viva; despatriarcalização, descolonização e desmercantilização; violência e violações de gênero; leitura crítica da mídia com foco nas questões de gênero e sexualidades; arte, cultura e política para o bem viver; dentre outros.

Ao todo, serão disponibilizadas 80 vagas. Os/as inscritos receberão certificado expedido pela Fábrica de Imagens e pela Rede Cearense Cultura Viva. A carga horária  total é de 40 horas.  

Conheças os e as palestrantes confirmades

Serviço
Curso Cultura Viva, Gênero, Sexualidades e Interseccionalidades
Período: 2 de março a 4 de maio de 2021
Encontros online de 19h às 21h30


Clique e inscreva-se até  2 de março

Cronograma

2/3

Revisitando nossas certezas: a verdade, a moral e o poder na construção das nossas interpretações de mundo. 

 

9/3

Diálogos sobre o Cultura Viva: aspectos históricos e políticos.

 

16/3

Diálogos sobre o Cultura Viva: aspectos teórico-epistemológicos desde uma mirada despatriarcal, decolonial e anticapitalista.

 

23/3

Histórico e atualidade dos movimentos de mulheres e feministas e LGBTQI+ no Brasil. 

 

30/3

Compreendendo e refletindo conceitos – heteronormatividade, identidades de gênero e orientação sexual e outros.

 

6/4

Violências e violações de gênero – interseccionalidades de classe, sexo, raça, geração, deficiência e território. 

 

13/4

Lei Maria da Penha e outros avanços jurídico-políticos no campo das mulheres / gênero / sexualidades. 

 

20/4

Conservadorismos, Fundamentalismos, Ideologia de Gênero – ataques à pluralidade e armadilhas à vida 

 

27/4

Leitura Crítica da Mídia aplicada às questões de gênero e sexualidades. 

 

4/5

O sentido do Cultura Viva - artes, cultura e política para o bem viver.