Cultura Viva Comunitária em Pontos

No curso online, ativistas, pesquisadores e  pesquisadoras da América Latina discutem conceitos e estratégias para o Movimento Cultura Viva em Abya Yala (América Latina).  Gratuito

Tudo é processo, tudo é história, e com o Movimento Cultura Viva Comunitária não seria diferente. Embora tenha inúmeros antecedentes, é uma mobilização jovem e precisa de tempo para criar raízes fortes, amadurecer e, sobretudo, não caducar em seus conceitos e horizontes. Assim, esse espaço se define principalmente pelo seu foco no Movimento, partindo sempre de um olhar plural do grupo que o compõe. 

 

Assim, a Fábrica de Imagens, atenta às questões mais atuais discutidas nas Redes Estadual, Nacional e Latino-americana de Cultura Viva Comunitária, realizará com o apoio da Lei Aldir Blanc, gerida no âmbito do Governo Estadual pela Secult, o projeto “Perspectivas conceituais e estéticas do Cultura Viva”, que terá como uma de suas ações o curso gratuito Cultura Viva Comunitária em Pontos.

 

Em dez encontros virtuais, pesquisadores e pesquisadoras do Brasil, Argentina, Equador, Peru, Chile, Costa Rica e Bolívia, dentre outros países, abordam temas como: arte, cultura e política; interseções entre o territorial e o comunitário;  conceitos de Cultura Viva, Cultura Viva Comunitária e Bem Viver; as relações entre cultura e  território; descolonização; despatriarcalização; desmercantilização e estratégias para o Movimento Cultura Viva na América Latina.

 

Entre os expositores e expositoras confirmadas estão: Paloma Carpio (Peru) Marjorie Botelho (Brasil); Dani Pabón (Equador); Rosana Miraglino (Argentina) Cláudia Herrera  (Argentina) Guillermo Valdizán (Peru), Belen Palacios (México); Dario Quiroga (Chile)

Clique e conheça a lista completa de palestrantes

 

“O curso é uma ação para o fortalecimento político e conceitual de pessoas envolvidas com o Movimento Cultura Viva e Cultura Viva Comunitária e pretende ser um espaço de diálogo, de trocas e de construção coletiva”, afirma Marcos Antonio Monte Rocha, diretor da Fábrica de Imagens, integrante da Comissão Cearense Cultura Viva e da Comissão Nacional dos Pontos de Cultura.

O Cultura Viva Comunitária em Pontos destina 80 vagas às pessoas que integram a Rede e 20 ao público em geral. As rodas de conversa e exposições dialogadas acontecerão às quintas-feiras, entre 11 de fevereiro e 15 de abril, sempre no horário de 20h. A certificação será concedida pela Fábrica de Imagens e pela Comissão Cearense Cultura Viva (presença mínima em sete encontros).

 

Serviço
Curso Cultura Viva Comunitária em Pontos
Inscrições online de 3 a 11 de fevereiro
Realização: Às quintas-feiras, entre 11 de fevereiro e 15 de abril
Horário: 20h
Gratuito
Conteúdo disponível em youtube.com/ongfabricadeimagens

 

Cronograma

 

11/2 - Perspectivas sobre Cultura, Arte e Política / Presentación general del curso / Perspectivas sobre cultura, arte y política.

18/2 - Os sentidos de cultura, território e fazer comunitário em Cultura Viva Comunitária. / Los significados de cultura, territorio y hacer comunitario en Cultura Viva Comunitária.

 

25/2 - Diálogos por Abya Yala I - Cultura Viva Comunitária, uma  história trançada a muitas mãos, com pontos de partida, trajetórias e horizontes plurais. / Diálogos de Abya Yala I - Cultura Viva Comunitária, una historia trenzada por muchas manos, con puntos de partida, trayectorias y horizontes plurales.   

 

4/3 - Diálogos por Abya Yala II - Cultura Viva Comunitária hoje - Uma Política governamental/de Estado, movimento artístico-cultural ou um movimento por um Outro Mundo Possível? / Diálogos de Abya Yala II La cultura comunitaria viva hoy - ¿Una política de gobierno / de Estado, un movimiento artístico-cultural o un movimiento por Otro mundo posible?

 

11/3 - Cultura Viva e Cultura Viva Comunitária: percursos,  aproximações e distanciamentos teórico-políticos / Cultura viva y cultura viva comunitaria: caminos, enfoques y distancias teórico-políticas

 

18/3 - Diálogos por Abya Yala III - Aprofundando conceitos desde a prática e a teoria I - descolonização, despatriarcalização. / Diálogos de Abya Yala III Profundización de conceptos desde la práctica y la teoría I - descolonización, despatriarcalización.

 

25/3 -Diálogos por Abya Yala IV - Aprofundando conceitos desde a prática e a teoria II - "Outras economias e bem viver. / Diálogos de Abya Yala IV Profundización de conceptos desde la práctica y la teoría II - Otras economías y el buen vivir.

 

1/4- Diálogos por Abya Yala V - Horizontes e estratégias políticas para o Movimento de Cultura Viva Comunitária. / Diálogos de Abya Yala V Horizontes y estrategias políticas para el Movimiento Cultura Viva Comunitaria.

 

8/4- Um re-olhar sobre a políticas públicas e legislações de Cultura Viva Comunitária / Una revisión de las políticas públicas, la legislación y la relación con el Estado desde el Movimiento de Cultura Viva Comunitaria

 

15/4- Encerramento / Cierre